Sargentos da GNR pedem demissão

Associação de Sargentos da Guarda Nacional Republicana (GNR) acusa o ministro Eduardo cabrita de se furtar ao diálogo com os militares.

 

A Associação Nacional dos Sargentos da Guarda (ANSG) pede a demissão do ministro da Administração Interna.

Em declarações à TSF, José Lopes diz os apelos da ANSG para resolver "questões estruturantes" como o desbloqueamento das carreiras, as promoções, admissões, carreira, lei orgânica da GNR, regulamento de avaliação e o regime remuneratório.

Do gabinete Eduardo Cabrita "não chegou nada", condena. "O senhor ministro não tem questões para continuar".

 

Entre as reivindicações dos sargentos da guarda está também a falta de recursos. A prevenção, por exemplo, está neste momento comprometida.

Neste momento só há capacidade para uma patrulha diária de dois elementos em áreas com 100 quilómetros de raio. "E muitas vezes nem isso"

 

Publicado em:

https://www.tsf.pt/sociedade/interior/sargentos-da-gnr-pedem-demissao-do-ministro-da-administracao-interna-9970937.html